La La Land e o Discurso Ignorado que não será Esquecido

2017-oscars-89th-academy-awards_3hjg

Final do Oscar 2017: La La Land é escolhido o melhor filme! Comemorações, muita alegria, cumprimentos e três discursos de agradecimento. Opa! Parece que alguém se enganou. E Moonlight leva a estatueta pelo melhor filme, invertendo emoções: quem estava triste, fica feliz. Quem estava feliz, fica triste. Os demais ficam atônitos com tanta trapalhada. Mas, e os discursos pela efêmera conquista de La La Land? Ignorados? Ninguém se importa mesmo com eles?

Durante aqueles poucos minutos de euforia, o produtor de La La Land, Jordan Horowitz, fez um discurso emocionado onde agradeceu às pessoas que foram essenciais para que ele conseguisse seu feito. Em um dado momento disse: “Obrigado aos meus pais, por me apoiarem em minha escolha de seguir uma carreira artística, mesmo sabendo que é algo um pouco louco.”

Apesar das escolhas dos caminhos serem responsabilidade dos filhos, o apoio dos pais são relevantes para que eles tenham sucesso. Seguir uma carreira “mesmo sabendo que é algo um pouco louco” sem o incentivo paterno é como andar na neve de tênis: vai levar muitos tombos, terá muita dificuldade em seguir adiante e sentirá enorme dificuldade em se levantar quando estiver numa fria.

Pode até parecer presunção barata de pai, mas eles precisam de nossa força.

Por isto, elogiar, motivar, torcer, reconhecer, estar junto nas conquistas e nas derrotas é papel de todo pai.

Tive o hábito de oferecer pequenos troféus para meus filhos sempre que eles conquistavam algo importante para o universo deles. Claro que nem sempre eles seguirão na direção de suas pequenas grandes conquistas, senão o troféu que dei pelo ponto decisivo na conquista do torneio de basquete da 5ª série teria levado meu filho a disputar a Rio 2016, mas ele seguiu caminhos distintos, igualmente incentivados.

Mas como nós, pais e mães, vamos saber distinguir o que é loucura do que é um futuro promissor? Bem, podemos contar com a valiosa ajuda de profissionais em Orientação de Carreira, bom senso, experiência de vida e, fundamentalmente, da intuição materna. Acredite e confie nela!

Por detrás de todas as indicações de melhor filme, ator, atriz, música, roteiro, diretor, enfim de todas as categorias concorrentes ao Oscar, haviam pais orgulhosos de seus filhos na plateia do teatro, em suas casas diante da TV ou exercendo a fé em altares erguidos a cada desafio que a paternidade nos impõe. Em cada um deles, mais do que a conquista da estatueta, mais do que a fama, mais do que o dinheiro, o que realmente importava era a simples gratidão dos filhos pelos pais terem acreditado em suas crenças.

Por tudo isso, os pais de Jordan não se importaram tanto com a reversão do resultado final. Para eles, a cerimônia terminou no seu discurso, com a certeza de que o apoio que deram foi determinante para o sucesso de sua carreira. E que subam os créditos! jordan-la-la-land


Leia também

E se o pai de Beethoven tivesse colocado ele no judô?

Concursos de Admissão e os Rituais de Iniciação Indígenas


Conheça e curta nossa página no Facebook!


O que achou deste texto?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s